Mais Lidas

O animal e o periscópio

acessibilidade:

A polícia política de Felinto Muller, na ditadura Vargas, prendeu um suspeito de militar no Partido Comunista. Levado aos porões do Dops, foi submetido a uma medonha sessão de tortura por um delegado. Horas depois, chegou Luís Glayssman, do serviço secreto:

– Não adianta resistir: diga onde está o mimeógrafo.

– Ah, o mimeógrafo? Está enterrado lá no fundo do quintal…

– Por que não falou antes? – gritou Glayssman.

– É que esse animal passou o tempo todo onde estava o “periscópio”!