Banco Mundial

Relatório aponta que mundo ainda tem 400 milhões de crianças vivendo na extrema pobreza

acessibilidade:

O Banco Mundial divulgou relatório apontando uma redução substancial no número de pessoas vivendo na extrema pobreza no mundo. De acordo com o documento, houve uma redução de 721 milhões de habitantes vivendo com menos de US$ 1,25 por dia em todo o mundo de 1981 a 2010.

Apesar da redução, o Banco Mundial afirma que ainda existem 1,2 bilhão de pessoas nessas condições e um terço vive em países considerados pobres. Outro dado preocupante é o grande número de crianças vivendo na extrema pobreza. Do total de 1,2 bilhão de pessoas, 400 milhões são crianças.

As dificuldades enfrentadas nos países pobres são cada vez maiores. Enquanto o aumento de renda necessário para sair da extrema pobreza caiu pela metade nos países em desenvolvimento, nas nações pobres esse valor aumentou em 33%.

Veja abaixo o quadro de classificação dos países pela renda.

Low Income = Baixa Renda

Lower Middle Income = Renda Média Baixa

Upper Middle and High Income = Rendas Média Alta e Alta

Lista de paises