Aposentadoria

Ministro Castro Meira deixa o Superior Tribunal de Justiça

acessibilidade:

O ministro Castro Meira despede-se do Superior Tribunal de Justiça (STJ) nesta quinta-feira (19). Depois de dez anos na Corte, ele se aposenta deixando um legado de mais de 103 mil decisões proferidas e afirma que sentirá falta de tudo: do trabalho, dos colegas e dos funcionários.

?Chegar ao STJ foi um privilégio. O trabalho é árduo, mas ao mesmo tempo prazeroso. Aprendemos muito, uma vez que aqui temos colegas que vieram da magistratura, outros que vieram da advocacia privada, outros tantos que vieram do Ministério Público. Essas experiências são realmente importantes e nós, nos debates, terminamos também aprendendo muito com os votos e as manifestações de todos?, disse.

Apesar de deixar o cargo, se afastar do direito, definitivamente, não está nos planos de Castro Meira. ?Pretendo exercer a advocacia, mas de um modo diferente do que eu já pratiquei. Vou fazer uma advocacia de alguém que já tem 70 anos e que não tem mais aquela disposição para sair em cartórios, pedir preferência de processo a juiz… Eu vou fazer uma advocacia em que não se exija tanta atividade física?, revelou o ministro.