Bahia

Médicos de Salvador continuam em greve

acessibilidade:

Os médicos de Salvador acusaram nesta segunda-feira (10) o governo local de manter os hospitais em péssimas condições estruturais. Segundo a categoria, só o estado dos postos de atendimento municipais de Saúde já justifica a manutenção da greve. Eles relatam falta de sanitários em condições de uso, risco de incêndio por conta de sobrecarga no sistema elétrico, salas mofadas, alojamentos insalubres e comida deteriorada nos locais de trabalho. “A luta pela melhoria dos salários é apenas um dos itens da pauta da greve, mas está claro que mesmo uma resposta positiva sobre este ponto não será capaz de garantir a volta ao trabalho, simplesmente porque, em muitos casos, não há para onde voltar”, diz a nota do Sindicato dos Médicos do Estado da Bahia (Sindimed).