Mais Lidas

Herói militar

McCain se pronuncia sobre exclusão de transgêneros das Forças Armadas dos EUA

Em 1968, Trump alegou ter machucado o pé para evitar exército

acessibilidade:

Herói da Guerra do Vietnã, o senador repúblicano John McCain emitiu, nesta quinta-feira (27), posicionamento oficial sobre a decisão do presidente Donald Trump de impedir transgêneros de servirem às Forças Armadas do Estados Unidos.

"O tweet do presidente sobre os americanos transgêneros nas Forças Armadas é mais um exemplo de por que os principais anúncios de políticas não devem ser feitos via Twitter", começou McCain.

"Não há motivo para forçar membros capazes de lutar, treinar e formular soluções a deixarem as corporações militares – independentemente de identidade de gênero. Todos devemos nos guiar pelo princípio de que qualquer americano que queira servir ao nosso país, e que possa cumprir os padrões, deve ter a oportunidade de fazê-lo e deve ser tratado como os patriotas que são", concluiu o repúblicano.

Ex-aluno de colegio militar, aos 22 anos, Trump alegou ter uma lesão permanente no pé para evitar se juntar às tropas norte-americanas. O traumatismo não o impediu de jogar squash, futebol americano e tênis.

 

Reportar Erro