Mais Lidas

Preso na Papuda

Lobista da J&F vai para isolamento após ofender agente penitenciário

Arrogância custará a Saud dez dias em Pavilhão Disciplinar

acessibilidade:

O lobista da JBS Ricardo Saud está em isolamento desde ontem, 31, por ofender um agente penitenciário após retornar do depoimento à CPMI da JBS. O castigo vale por dez dias. Pavilhão Disciplinar do Complexo Penitenciário da Papuda, em Brasília, ele fica sem direito a banho de sol, sem poder receber a visita de familiares e sem contato com os outros presos.

Saud era braço direito nas safadezas atribuídas ao empresário Joesley Batista, controlador da JBS. Os dois foram presos no dia 10 de setembro após descumprirem termos do acordo de delação premiada. Joesley, contudo, está preso na superintendência da PF em São Paulo, ao lado do irmão Wesley Batista, acusado também de outro crime.

O ex-executivo divide, fora do isolamento, uma cela de 21 metros quadrados com o ex-diretor de Marketing do Banco do Brasil Henrique Pizzolato e o ex-deputado federal Celso Jacob (PMDB-RJ).

Reportar Erro