Desvio de dinheiro

Justiça pede bloqueio de ações do filho de Maluf

Justiça de São Paulo pede bloqueio de ações de Flávio Maluf

acessibilidade:

maluf

A Justiça de São Paulo mandou bloquear R$ 47 milhões em ações da Eucatex, cujo dono é filho do deputado Paulo Maluf, Flávio Maluf. As ações são mantidas desde 2001 sob a guarda de um banco na Suíça. A medida foi determinada pela juíza Celina Toyoshima, que acatou o pedido do promotor estadual Silvio Marque. Ele investiga desvios ocorridos na época em que Maluf foi prefeito de São Paulo, entre 1993 e 1996. Segundo reportagem da Folha de São Paulo, o promotor suspeita que as ações foram adquiridas com dinheiro desviado de obras públicas executadas pela prefeitura. Se comprovado, a prefeitura poderá mover uma ação para reaver o montante. As ações da Eucatex tiveram uma valorização de 250% desde 2001, fato que eleva o valor dos papéis encontrados agora na Suíça para R$ 164,5 milhões.