Mais Lidas

Memória

Juristas homenageiam centenário de nascimento de Goffredo da Silva Telles

Foi um dos autores da Carta aos Brasileiros, que abalou a ditadura

acessibilidade:

O centenário de nascimento de um dos maiores juristas do país, o saudoso professor Goffredo da Silva Telles Jr será comemorado no próximo dia 15 de maio pela Faculdade de Direito do Largo de São Francisco, em São Paulo. Durante as homenagens,  o antigo aluno e ator Juca de Oliveira fará uma releitura da célebre Carta aos Brasileiros no Pateo das Arcadas, seguido de um ato em prol da democracia e contra a corrupção.

Muitos juristas já confirmaram presença , como os professores Celso Lafer,  Miguel Reale Jr. Modesto Carvalhosa, José Carlos Dias. Irão comparecer também o advogado de presos políticos durante a ditadura e anos depois presidente do STM, Flávio Bierrenbach e o jurista  Almino Affonso, entre outros.

Confirmaram presença na homenagem juristas como Flávio Bierrenbach, Modesto Carvalhosa, José Carlos Dias e Almino Afonso.

 

Goffredo foi professor de direito na Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo (USP), onde começou a lecionar em 1940, inicialmente como livre docente, depois como professor catedrático. Em 1954, tomou posse da cadeira Introdução à Ciência do Direito.Foi vice-diretor da Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo de 1966 a 1969, tendo exercido sua diretoria em diversos períodos.

Em 1977 , foi o principal redator da Carta aos Brasileiros em que juristas importantes condenavam o regime de exceção e apelavam pelo estado de direito. Lecionou durante quase 45 anos. Em 1985, por força de lei, foi aposentado compulsoriamente ao atingir setenta anos de idade. Em 5 de outubro de 1988, data da promulgação da Constituição Federal, criou o Círculo das Quartas-Feiras, junto aos estudantes Adriano Nunes Carrazza e Cássio Schubsky, ao qual depois se juntaram outros estudantes da Faculdade de Direito da USP. 

O Círculo, como ficou conhecido, se reuniu por vários anos, semanalmente, para debater temas jurídicos, políticos, literários, históricos etc. O Círculo das Quartas-Feiras teve importante papel político, com medidas como primeiro mandado de segurança coletivo do País.

Pouco depois de sua aposentadoria, e pelo voto unânime do conselho universitário, foi honrado com o título de “Professor Emérito da Universidade de São Paulo”. Morreu em sua casa no dia 27 de junho de 2009, aos 94 anos de idade.