Presos

Invasão do MST termina com prisões em Minas Gerais

Membros do movimento são presos em fazenda mineira

acessibilidade:

mstA invasão organizada pelo Movimento dos Trabalhadores Sem Terra (MST), à Fazenda Palermo, em Monte Alegre de Minas, no Triângulo Mineiro, terminou com 26 presos na, última quarta-feira (1). A ação do MST era esperada pela polícia militar, que prendeu os integrantes do movimento em flagrante. É a segunda vez que a fazenda foi invadida.

No dia 27 de dezembro, a presidenta Dilma Rousseff assinou uma determinação de desapropriação da área.  Motivados pela determinação do Governo, os integrantes do MST voltaram a invadir a fazenda. De acordo com o proprietário da fazenda, Adevanir de Lima, a fazenda não será desapropriada. Adevanir procurou a PM com uma liminar solicitando a reintegração de posse do local.

Os detidos foram levados para a delegacia e assinaram um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) se comprometendo a comparecer na próxima sexta-feira (3) para prestar esclarecimentos sobre a invasão, em seguida, todos foram liberados. Nove carros e uma moto foram apreendidos e encaminhados para o Pátio de Veículos da cidade.