Mais Lidas

Combate ao incêndio

Hércules C-130 libera cerca de 50 mil litros de água na Chapada dos Veadeiros

Duas tripulações e uma equipe de solo auxiliam no combate ao incêndio que atinge a reserva ambiental

acessibilidade:

A Força Aérea Brasileira realizou nesta quarta (25) o segundo dia da operação de auxílio à Chapada dos Veadeiros (GO), por volta das 7h foram iniciadas as decolagens do C-130 Hércules que irá ajudar no combate aos focos de incêndio na região. A previsão é a aeronave faça quatro voos por dia, carregando cerca de 50 mil litros de água até a área de preservação ambiental.

O C-130 Hércules, do 1º Grupo de Transporte de Tropa (1º GTT) é composto por cinco tanques de água, dois tubos de projeção na porta traseira do avião e pode levar até 12 mil litros de água por viagem. Cada saída realiza dois lançamentos, de 6 mil litros cada, que cobrem uma extensão de 500 metros.

Os primeiros pontos de fogo podem ser avistados a aproximadamente 6,4 km do Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros. A cortina de fumaça e o grande tráfego de aeronaves que auxiliam no combate ao incêndio aumentam os desafios da missão. O piloto do Hércules, Capitão Douglas Lopes, afirma que coordenação é primordial por ser uma área bem extensa e terem muitos focos de incêndio. “A fumaça atrapalha a nossa visualização durante a descida e, por isso, a coordenação tem que ser bem feita”, disse.

O capitão afirmou que são 26 militares, duas tripulações e uma equipe de solo, engajados na missão. Além dos homens, dias piscinas de 22 mil litros de águas ficam cheias para o rápido reabastecimento da aeronave. “A gente prepara a aeronave para abastecer e decolar o mais rápido possível”, afirmou o Suboficial André Luiz da Costa Reis, coordenador da equipe de solo.