Mais Lidas

Ideologia

Grosseria: Dilma ignora vitória do novo presidente português

Nem sequer felicitou o novo presidente português pela vitória

acessibilidade:

Desde domingo Dilma não cumprimentou pela vitória o novo presidente português Marcelo Rebelo de Sousa (PSD), como manda a tradição nas relações luso-brasileiras. Nem Dilma, nem o Itamaraty felicitaram a vitória de Sousa. A falta de telefonema, carta, nota, sinal de fumaça ou demonstração de apreço mal disfarça o desapontamento do governo brasileiro pelo novo presidente português: é que o PSD é “social democrata” em Portugal, quase equivalente ao PSDB, no Brasil. E Dilma torcia pela esqueda, que sofreu uma derrota humilhante.

A assessoria do Planalto informou que “não é praxe” cumprimentar autoridades estrangeiras e que caberia ao Itamaraty publicar nota. Não é verdade. No caso de Portugal, a praxe é cumprimentar os vitoriosos. 

O Itamaraty diz que “não é praxe” publicar nota oficial “a cada eleição que acontece nas 193 nações que compõem as Nações Unidas”. O Itamaraty distorce para justificar o comportamento de Dilma.

Segundo a assessoria do Itamaraty, só cabe se manifestar em casos de eleições em países geograficamente mais próximos. Isso também não é verdade. Leia na Coluna Cláudio Humberto.

Vídeos Relacionados