Dissidentes

Alguns bancos ainda continuam em greve, sem atendimento

Bancários de pelo menos três instituições não aceitaram acordo

acessibilidade:

Bancarios_ agencia brasilOs bancários, que permaneciam paralisados em várias cidades do País, voltaram ao trabalho nesta terça-feira (15), com exceção dos funcionários do Banco do Nordeste do Brasil, do Banco da Amazônia, Banrisul e Banpará.

As propostas foram consideradas ?insuficientes? pelos funcionários dessas instituições. Também houve recusa da proposta por bancários das agências de Uruguaiana (RS), onde funcionários dos bancos públicos e privados mantêm a greve. No Amapá, os funcionários também continuam parados.

Os bancários iniciaram a greve no dia 19 de setembro. A categoria conseguiu reajuste de 8% (aumento real de 1,82%) sobre os salários e demais verbas, 8,5% sobre o piso salarial (ganho real de 2,29%) e 10% sobre o teto da parcela adicional da participação nos lucros e resultados. Os bancários vão compensar os dias parados com até uma hora extra diária, até o dia 15 de dezembro.

Com informações da Agência Brasil.