Mais Lidas

Crise no governo

Governo suspeita do juízo do ex-chefe da AGU

Ele se diz demitido por querer investigar, mas AGU não faz isso

acessibilidade:

No Planalto e no Congresso são frequentes as insinuações sobre o juízo do ex-chefe da Advocacia Geral da União (AGU) Fábio Osório Medina. Após ser demitido pelo presidente Michel Temer, ele acusou o governo de tentar “abafar a Lava Jato”, afirmando que perdeu o cargo por pretender investigar a participação de membros do atual governo no roubo à Petrobras. Só há um detalhe: a AGU não é órgão investigativo. A informação é do colunista Cláudio Humberto, do Diário do Poder.

O ex-AGU Fábio Medina foi acusado de protagonizar maluquices como “carteirada” para usar jatinho e tomar iniciativas sem consultar Temer.

Além da acusação de se indispor com subordinados, Medina também não teria conseguido manter boas relações com ministros do STF.

Fábio Medina descompensou quando recebeu pelo ministro Eliseu Padilha (Casa Civil) o recado de Michel Temer decidira demiti-lo.