12ª edição

Gilmar Mendes acha injustas críticas ao Fórum de Lisboa

Sobre a presença de autoridades brasileiras em Lisboa, ministro diz que "a questão não é se houve gasto e sim se há proveito"

acessibilidade:
Ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal (STF) - Foto: canal da Rádio Bandeirantes.

O ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal, considera “injustas” as críticas ao 12º Fórum de Lisboa, levando dezenas de autoridades a se deslocarem àquele País para discutir problemas… do Brasil. Ele destaca a qualidade dos temas e participantes do evento, cuja 12ª edição será realizada entre esta quarta-feira (26) e a próxima sexta (28). Muitos se fazem acompanhar de comitivas de assessores e seguranças, todos bancados com dinheiro público. A informação é da Coluna Cláudio Humberto, do Diário do Poder.

Gilmar compartilhou com a coluna as 1.200 páginas contendo a transcrição de todas as intervenções dos debatedores no 11º Fórum, de 2013.

Em defesa do Fórum na Europa, Gilmar argumenta que “há muitos convidados estrangeiros”, o que facilita a organização do evento.

Sobre as despesas com a participação de autoridades brasileiras, ele é enfático: “a questão não é saber se houve gasto e sim se há proveito.”