Mais Lidas

Feios de doer

acessibilidade:

Nascido em Guapé (MG), Passos Maia foi eleito “senador estadual” várias vezes, na República Velha. Os amigos e depois os inimigos, só de gozação, exageravam dizendo que era o político mais feio de Minas. Ele não ligava. Certa vez bateram à sua porta, Maia atendeu. Mandou o homem entrar e sentar. Pediu licença, foi lá dentro e voltou com uma medalha na mão:

– Isso é seu, agora. Ganhei no Senado, como “prêmio” por ter sido o sujeito mais feio que passou por lá. Mas agora vejo que o senhor merece o prêmio.

E despachou o homem, apenas um vendedor de livros. Feio de doer.