Mais Lidas

Falta de memória

acessibilidade:

Jânio Quadros percorria o País, na campanha presidencial de 1960, a bordo de um avião Convair, e sempre na companhia do vice Milton Campos. Dono de memória prodigiosa, Jânio repetia o mesmo discurso em todos os comícios, sublinhados por gestos teatrais. O vice, ao contrário, procurava mudar o tema. Certa vez, em Governador Valadares (MG), Jânio o elogiou:

– Dr. Milton, que maravilha! Um discurso para cada comício. Que cultura!

– Não é cultura – respondeu Campos, modesto – é falta de memória mesmo.

Reportar Erro