Caso Roger Molina

Ex-chanceler depõe na inquisição contra Sabóia

Patriota vai depor na 'inquisição' para 'avaliar' diplomata Eduardo Saboia

acessibilidade:

O ex-chanceler Antônio Patriota foi convocado para depor nesta sexta-feira (5) no ?tribunal de inquisição?, criado pelo governo federal nos moldes do regime militar, para ?apurar a atitude? do diplomata humanitário Eduardo Sabóia, que ajudou o senador boliviano Roger Molina, asilado há 455 dias na embaixada brasileira em La Paz, a sair do país. Na época, Molina andava depressivo e ameaçava se matar. Leia mais na Coluna Cláudio Humberto.