Mais Lidas

Polêmica extraconjugal

Ex-amante de Fernando Henrique depõe à PF em São Paulo

Mirian Dutra acusa FHC de usar empresas para enviar recursos ao exterior

acessibilidade:

A jornalista Mirian Dutra, ex-amante do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, presta depoimento neste momento à Polícia Federal, em São Paulo, em investigação sobre suposta evasão de divisas do tucano para pagamento de pensão, através da empresa Brasif S.A. Exportação e Importação.

Em fevereiro deste ano, a PF abriu um inquérito para investigar as declarações dadas por Mirian ao jornal Folha de S.Paulo, em que afirmou que a Brasif S.A. Importação e Exportação ajudou FHC a enviar recursos ao exterior. O dinheiro era destinado a ela e ao filho Tomás Dutra, tratado como filho pelo ex-presidente, apesar de resultados negativos de exames de DNA. Ele manteve um relacionamento extraconjugal com Mirian nos anos 1980 e 1990.

A empresa nega que tenha feito a contratação a pedido de FHC. O ex-presidente afirmou que nunca remeteu divisa por meio da Brasif e que considera “bom” o andamento do inquérito.

Segundo Mirian, a transferência ocorreu por um contrato fictício de trabalho pelo qual ela receberia U$3 mil mensais. A Brasif, na época, explorava as lojas de free shops nos aeroportos brasileiros. Fernando Henrique presidiu o país entre 1995 e 2002, em dois mandatos.

Reportar Erro