Mais Lidas

Caso Molina

Evo Morales cobra explicações ao Brasil e quer senador de volta

acessibilidade:

O presidente boliviano, Evo Morales, cobrou explicações do governo brasileiro sobre a viagem do senador Roger Pinto Molina. Em coletiva de imprensa no palácio do governo da Bolívia, Morales disse que espera uma resposta oficial do governo brasileiro à nota enviada pela chancelaria boliviana e frisou ainda que seria melhor o País “devolvê-lo” para que Molina responda na Justiça boliviana pelas acusações de corrupção. Morales também denunciou uma suposta a ação de grupos conservadores do Brasil, que, segundo ele, querem o enfrentamento entre os governos boliviano e brasileiro.

Na entrevista, o cocaleiro alegou que o senador não corria nenhum risco na Bolívia. “Se quisesse, Pinto Molina poderia, inclusive, se deslocar por qualquer região boliviana, embora estivesse proibido de viajar ao exterior” ressaltou Morales. Roger Molina chegou ao Brasil depois de viajar 22 horas de carro na última sexta-feira (23) ao lado do embaixador Eduardo Saboia, que assumiu a responsabilidade pela operação.

Vídeos Relacionados