Mais Lidas

Cardápio tcheco

em viagem oficial, senadores almoçam em requintado restaurante de Praga

acessibilidade:

O almoço regado a taças de vinho no requintado Terasa U Zlaté studn?, em Praga, dos senadores brasileiros pode estar entre as despesas pagas com o dinheiro do contribuinte. Em missão oficial na capital tcheca, os senadores Jarbas de Andrade Vasconcelos, Aloysio Nunes Ferreira Filho, Jorge Ney Viana Macedo Neves, Luiz Henrique da Silveira e Lidice da Mata e Souza fizeram questão de levar R$ 9.097,92 de dinheiro público para pagar as despesas com as nove diárias na Europa.

Na soma, o rombo com o passeio oficial dos parlamentares aos cofres públicos é de R$ 45,4 mil. O Diário do Poder teve acesso a informação que só haviam brasileiros no almoço desta nesta sexta-feira (6). No site pessoal, o senador Luiz Henrique (PMDB-SC) fez questão de ressaltar a importância da viagem como oportunidade de ?trocar experiências entre parlamentares tchecos, eslovacos e brasileiros, além de estreitar laços sociais, comerciais e democráticos entre os países?.

O senador compara ainda a evolução da cidade europeia. ?Na primeira vez que visitei Praga, a cidade revelava, nas paredes das casas com reboque caído, o porquê do esgotamento do regime comunista?, reparou. Além de visitas aos Parlamentos dos dois países, a comitiva tem na agenda uma reunião com o vice-presidente da Comissão de Relações Exteriores do Parlamento Eslovaco, Juraj Blanár, e também um encontro com o presidente da República Eslovaca, Ivan Ga?parovi?.