Mais Lidas

O que é isso, companheiro?

Doações de empresas suspeitas implicam petistas

Ex-líder do PT também é apontado como destinatário de doações suspeitas

acessibilidade:

Fiscal implacável das doações de campanha até para correligionários, o deputado Henrique Fontana (RS), ex-líder do PT na Câmara, está enrolado na revelação de documentos apreendidos por investigadores que o relaciona entre sete deputados que pediram doações a empresas suspeitas de ligação ao cartel dos trens. O documento foi entregue pelo Conselho de Defesa Econômica (Cade) a autoridades federais.

Fontana chegou a dizer que não pediu nem recebeu doações dessas empresas, mas admite empenho pela ?expansão do modo ferroviário?.

Além de Fontana, fazem parte da lista de deputados apontados como pedintes Carlos Zaratini e Jilmar Tatto, ambos do PT de São Paulo.

Também estão na lista Jaime Martins (MG) e Milton Monti (SP), do PR, Leonardo Quintão (PMDB-MG) e Vanderlei Macris (PSDB-SP). Leia na coluna Claudio Humberto.