Deu no The Guardian

Desastre ambiental no Lago Paranoá vira notícia internacional

Desastre ambiental polui Lago Paranoá e deixa pacientes sem água quente

acessibilidade:

O vazamento de óleo diesel que poluiu o Lago Paranoá virou notícia internacional. O jornal britânico The Guardian publicou agora a pouco (18) em sua página na internet reportagem sobre o acidente que contaminou três quilômetros das límpidas águas do lago. Apontada como a principal responsável pelo desastre ambiental, a caldeira do Hospital Regional da Asa Norte (Hran) está desligada e, sem o funcionamento dela, todos os pacientes são submetidos a banhos gelados.

A unidade hospitalar da Asa Norte ainda usa uma caldeira movida a óleo diesel para aquecer a água usada no banho de todos os pacientes internados. Bebês ou idosos, por tanto, não encontram outra saída senão enfrentar a água fria enquanto a caldeira não seja religada. Ele está temporariamente desativada até que seja identificado o motivo do transbordamento no espelho d’água. Ano passado, outro grande vazamento deste reservatório atingiu o Paranoá.