Mais Lidas

Golpe na Bolívia

Deputados e Senadores da Bolívia denunciam a Temer violações de Evo Morales

Bolivianos querem Temer cobrando Cláusula Democrática de Morales

acessibilidade:

O presidente Michel Temer recebeu nesta sexta-feira (1º) uma carta assinada por inúmeros deputados e senadores da Bolívia denunciando a sequência de golpes aplicados pelo regime de Evo Morales contra a Constituição, para se manter no poder, e solicitam a inclusão nos temas das conversações bilaterais a reafirmação do compromisso de ambos os países com a Carta Democrática Interamericana e com a Cláusula Democrática do Mercosul.

As manobras de Evo Morales seguem o modelo da semi-ditadura da Venezuela, onde os governantes “bolivarianos” Hugo Chávez e depois Nicolás Maduro alteram a legislação e as regras do jogo, até substituem o parlamento eleito pela população, para impor sua continuidade. Tudo isso mediante forte repressão política.

O golpe mais recente de Morales contou com a parceria do Tribunal

Constitucional da Bolívia, controlada pelo semi-ditador, autorizando-o a disputar o quarto mandato presidencial. A Constituição boliviana proíbe mais de uma reeleição e um plebiscito consagrou esse entendimento. Os bolivianos saíram ás ruas para protestar contra as investidas de Morales contra a Constituição. Durante passeata em La Paz, que incluiu passagem diante da sede do governo, milhares de bolivianos protestaram contra o atual governo, incluindo o refrão “isto não é Venezuela”.

Protesto:

Em carta, deputados e senadores da Bolívia denunciam a sequência de golpes aplicados pelo regime de Evo Morales contra a Constituição