Mais Lidas

Quer voltar às regalias

Defesa afirma que Cabral corre risco em Bangu 8 e pede transferência

Ex-governador estaria ameaçado por milicianos e ex-policiais

acessibilidade:

A defesa do ex-governador do Rio de Janeiro Sérgio Cabral (MDB), denunciado 22 vezes e já condenado a 87 anos de prisão, oficializou o pedido para que ele seja transferido de Bangu 8 para Benfica, presídio da Lava Jato do Rio, de onde Cabral foi transferido por receber supostas regalias.

Segundo o advogado de Cabral, o ex-governador “terá a sua integridade física exposta à retaliação de detentos milicianos e ex-policiais que ajudou a punir durante o seu mandato”. Outra justificativa apresentada pela defesa é a proximidade de Benfica com a sede da Justiça Federal, onde o ex-governador ainda faz visitas esporádicas para prestar depoimento.

Até esta quarta (11), Cabral estava preso em Pinhais, no Paraná, mas voltou ao Rio por decisão do Supremo Tribunal Federal (STF).

Privilégios

Segundo promotores, Benfica tinha uma "rede de serviço e favores" montada para beneficiar o ex-governador. Entre os privilégios apontados estão uma videoteca, espécie de home theater recebido por uma doação supostamente forjada; academia com aparelhos de “bom padrão”; produtos de delicatesse, como queijos e frios; livre circulação em Benfica com a proteção de agentes penitenciários; recebimento de encomendas; entre outros benefícios.

Reportar Erro