Próximo as eleições

Cristina Kirchner ficará afastada por problemas de saúde

O afastamento foi pedido por causa de um traumatismo craniano

acessibilidade:

Segundo comunicado oficial divulgado sábado (5), a presidenta da Argentina, Cristina Kirchner, ficará um mês afastada por motivos de saúde. O repouso da presidente, recomendado pelos médicos, acontece em plena campanha para as eleições legislativas de 27 de outubro, que deve renovar metade da Câmara dos Deputados e um terço do Senado.

O afastamento de Cristina foi determinado por causa de um traumatismo craniano que ela sofreu em agosto. A presidente deu entrada no Fundacion Fava, apresentando um quadro de arritmia. Os médicos pediram uma avaliação neurológica ao Instituto de Neurociências e diagnosticaram um hematoma. Em 2012, ela havia retirado um tumor da tireoide.

O kirchnerismo sofreu a pior derrota em dez anos nas primarias, realizadas em agosto passado, desde que Nestor Kirchner foi eleito presidente em 2003 e sucedido por sua mulher Cristina Kirchner, reeleita em 2011. Nas primarias, realizadas em agosto passado, o kirchnerismo sofreu a pior derrota em dez anos ? desde que Nestor Kirchner foi eleito presidente em 2003 e foi sucedido por sua mulher Cristina Kirchner, reeleita em 2011. Nestor Kirchner morreu em 2010, ficando o kirchnerismo sem candidato às eleições presidenciais de 2015, já que Cristina só tem direito a dois mandatos consecutivos.

Com informações da Agência Brasil.