Mais Lidas

Homenagem a Brilhante Ustra

Conselho de Ética pode abrir processo contra Bolsonaro

Parlamentar enalteceu torturador durante sessão do impeachment

acessibilidade:

O Conselho de Ética da Câmara pode instaurar um processo contra o deputado Jair Bolsonaro (PSC-RJ) na sessão desta terça-feira, 28, por quebra de decoro parlamentar durante a sessão na Casa que instaurou o processo de impeachment contra a presidente afastada Dilma Rousseff.

Durante seu voto contra a petista, o deputado enalteceu o coronel Brilhante Ustra, já reconhecido pela Justiça como torturador no período da ditadura militar.

A representação foi feita pelo Partido Verde (PV). Uma vez aberto o processo, o presidente do Conselho de Ética, José Carlos Araújo, indica um relator – que deve sair do PT ou do bloco PSDB-DEM-PPS — e este terá dez dias para apresentar um parecer sobre o assunto.

Reportar Erro