Mais Lidas

Quando era ministra

Chefe do FMI é condenada na França por negligência

A decisão não prevê, porém, a aplicação de nenhuma pena

acessibilidade:

A diretora-gerente do Fundo Monetário Internacional (FMI), Christine Lagarde, foi considerada culpada por negligência nesta segunda-feira por um processo referente ao período em que era ministra da Economia na França. A decisão da justiça não prevê, contudo, a aplicação de nenhuma pena. O advogado de Lagarde anunciou que vai recorrer da decisão.

Na última semana, o procurador à frente do caso, Jean-Claude Marin, havia classificado a acusação contra ela de “muito fraca” ao ser ouvido durante o processo, na Corte de Justiça francesa.

O julgamento de Lagarde começou no último dia 12, em Paris. A chefe do FMI estava sujeita a pegar até um ano de prisão e uma multa de 15.000 euros (53.759 reais) pela arbitragem sobre um caso, em 2008, que resultou em uma multa de 4,3 milhões de euros (15,411 milhões de reais) para um magnata dos negócios, Bernard Tapie. O empresário é amigo próximo do então presidente Nicolas Sarkozy.