Mais Lidas

Contra a parede

Cardozo é apertado pela oposição em audiência na Câmara

Ministro é questionado por denúncia contra PSDB e fuga de Pizzolato

acessibilidade:

O deputado-federal Carlos Sampaio (PSDB-SP) estranhou o fato de o ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, ter recebido uma denúncia anônima informal contra o PSDB em sua própria casa.

O ministro afirmou que agiu como deveria assim que recebeu as informações e contra atacou dizendo que o próprio Sampaio acusou o ex-ministro da Justiça Tarso Genro de prevaricar quando demorou a encaminhar denúncias contra o governo Lula.

Já o deputado tucano Otávio Leite (RJ) questionou a ineficiência da Polícia Federal (PF) em impedir a fuga do mensaleiro condenado Henrique Pizzolato, ex-diretor de marketing do Banco do Brasil, e quis saber o que o ministério estava fazendo para conseguir extraditá-lo.

Cardozo disse que a PF só poderia ter intervindo por determinação judicial e o diretor-geral da PF, Leandro Daiello, explicou que o mandado de prisão foi recebido no dia 15 de novembro, quando Pizzolato já estava foragido.