Mais Lidas

Burro esperto

acessibilidade:

O general-presidente Arthur da Costa e Silva tinha fama de carrancudo, até pela paternidade do Ato Institucional nº (AI-5), que instaurou a ditadura no Brasil, mas ele também tinha seus momentos de bom humor. Ao final do expediente, vez por outra chamava os auxiliares mais próximos para uma rodada de uísque em seu gabinete, no Planalto, e sempre perguntava: “Qual a última piada a respeito da minha burrice?”. Os assessores, claro, desconversavam, então ele próprio tratava de contar uma delas. Depois, batia sua mão enorme sobre sua mesa para sublinhar, dando uma gargalhada:

– Eles são gênios, mas quem está sentado aqui sou eu, o burro!

Reportar Erro