Mais Lidas

Menos Médicos?

Baixa adesão leva governo a anunciar 4ª etapa do Mais Médicos

acessibilidade:

Mais Médicos0066O ministro da Saúde, Alexandre Padilha, afirmou hoje (9) que o governo pode recorrer à cooperação internacional para atingir a meta de 13 mil profissionais trabalhando para o programa Mais Médicos até março deste ano. Comparado com a primeira fase do programa, o número de vagas preenchidas caiu mais de 50%. A baixa adesão nas inscrições levou o governo federal a anunciar a realização da quarta etapa do Mais Médicos.

O salário de R$ 10 mil, oferecido pelo Ministério da Saúde, parece não bastar para atrair profissionais de saúde aos postos de trabalho, por vezes, mal estruturado. A terceira etapa do programa só conseguiu preencher 888 das cerca de 6,3 mil vagas, 14% do pretendido. Uma das alternativas do governo federal é importar pelo menos 5.412 médicos cubanos para cumprir a meta, neste caso, os profissionais recebem entre 40 e 50% do salário pago, o restante fica com o governo de Cuba.

Reportar Erro