Eleições 2014

Após pesquisas, aliados cobram atitude de Aécio

Aliados cobram de Aécio uma atitude mais agressiva como rival de Dilma

acessibilidade:

O baixo desempenho do presidenciável Aécio Neves (PSDB) nas pesquisas levou intranqüilidade ao tucanato e aliados, que cobram dele uma nova atitude, até mais agressiva, temendo que a disputa contra a presidenta Dilma nem sequer chegue ao segundo turno. Aécio não parece abalado: lembra que Dilma é beneficiada pela exposição na mídia, em razão do cargo, e que tudo isso está dentro das previsões.

Aécio acha que o PSDB vencerá de novo na região Sul, como nas três últimas campanhas, e no Sudeste. Seu desafio, diz, é o Nordeste.

O ?desfio? oposicionista de crescer no Nordeste ficou mais distante, com o pífio desempenho de Eduardo Campos (PSB) nas pesquisas.

O presidente do partido Solidariedade, Paulo Pereira (SP), que apoia Aécio, cobrou dele mais viagens pelo País e uma nova agenda.

Leia na coluna Claudio Humberto.