Perdas bilionárias

Alvaro Dias acusa governo de explorar trabalhadores

Para Dias, FGTS navega em 'mar de almirante'

acessibilidade:

O senador Alvaro Dias (PSDB-PR) disse nesta segunda-feira (14) que os trabalhadores são “terrivelmente explorados” pelo governo. Segundo ele, nos últimos onze anos, os recursos que deveriam ser direcionado aos trabalhadores têm sido investidos de forma contrária aos seus interesses. ?É com perplexidade que constatamos que o Fundo de Garantia por Tempo de Serviço navega em ‘mar de almirante’ enquanto os trabalhadores amargam perdas bilionárias, não recebendo nem mesmo atualização monetária?, declarou.

O parlamentar defendeu um projeto de sua autoria que iguala a remuneração do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS), do Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT) e da poupança às taxas de juros do mercado. Baseado em estudos do Instituto FGTS, Alvaro Dias afirmou que o lucro do FGTS cresceu 938%, mas o retorno para o trabalhador foi de 69%, índice que perde para inflação, que foi de 103%.

Para ele, programas subsidiados, como o Minha Casa, Minha Vida, o financiamento de outras linhas de créditos habitacionais e obras de saneamento e infraestrutura é que jogam o dinheiro do trabalhador para o ar, já que cobram juros maiores que os 3% que remuneram as contas. Além disso, o senador frisa que o FAT e as cadernetas de poupança também remuneram mal o trabalhador. ?Os trabalhadores seriam remunerados igualmente, sem essa distorção gritante. Nós não teríamos taxas privilegiadas de juros praticadas pelas instituições financeiras do país; teríamos uma única taxa de juros?, defendeu seu projeto.

Com informações da Agência Senado.