Mais Lidas

Primeira parcela

TCU identifica 565.351 que receberam auxílio emergencial irregularmente

Do total, apenas 72.599 pessoas (12% do total) devolveram o dinheiro recebido mediante fraude

acessibilidade:
Ministro Bruno Dantas, do Tribunal de Contas da União (TCU).

O Tribunal de Contas da União (TCU) identificou que 565.351 pessoas receberam irregularmente a primeira parcela do auxílio emergencial de R$600, destinado pelo governo federal a pessoas pobre e trabalhadores informais que passam por situação aflitiva em razão da pandemia de novo coronavírus.

Com a constatação das irregularidades pelo TCU, as parcelas seguintes do auxílio emergencial foram suspensas.

Essas pessoas deveriam ter devolvido de imediato o que receberam indevidamente , mas só 72.599 (12% do total) o fizeram, segundo informou o ministro Bruno Dantas, que tem atuado com rigor na fiscalização desses pagamento.

Foi proposta de Dantas, acatada pelo plenário do TCU, a medida determinando o governo a tornar pública a lista de beneficiados pelo auxílio emergencial.

Reportar Erro