Mais Lidas

Sem fim

Moraes prorroga pela 4ª vez inquéritos contra Bolsonaro e apoiadores

Ministro deu mais 90 dias para investigar interferências na Polícia Federal e existência de “milícia digital”

acessibilidade:
Ministro deu mais 90 dias para investigar interferências na Polícia Federal e existência de “milícia digital”. Foto: Nelson Jr.

O ministro Alexandre de Moraes (STF) prorrogou por 90 dias os inquéritos que investigam possíveis interferências do presidente Jair Bolsonaro na Polícia Federal e a existência de uma “milícia digital”.

No primeiro inquérito, o último ato deve ser o depoimento do presidente. Já no caso da “milícia digital”, sob comando da delegada Denisse Dias Ribeiro, a investigação é sobre a existência de financiamento público para youtubers e jornalistas.

Um dos pontos abordados é o de falhas no sistema do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), mas grande parte dos depoentes afirmou que emitiram apenas as opiniões pessoais sobre as eleições.

Ao solicitar a prorrogação do inquérito, a delegada enviou os resultados preliminares a Moraes. “Considerando a expiração do prazo de permanência do inquérito em sede policial, bem como a necessidade de prosseguimento das investigações, determino: sigam os autos ao crivo do Exmo. Sr. Ministro Relator, para ciência e concessão de novo prazo para continuidade da apuração”, disse.

Vídeos Relacionados