Mais Lidas

Militares

General Paulo Sérgio comandará o Exército, Baptista Jr a Aeronáutica e Garnier a Marinha

Com a mudança do titular do Ministério da Defesa foi definida a substituição dos comandos

acessibilidade:
General Paulo Sérgio, tenente-brigadeiro Baptista Junior e almirante de esquadra Almir Garnier Santos

O general Braga Netto, novo ministro da Defesa, anunciará em instantes, às 17h15 desta quarta-feira (31), os nomes dos oficiais superiores que assumirão os comandos do Exército, da Marinha e da Aeronáutica.

Está definido que o general Paulo Sérgio, que comandou as ações de combate à covid-19 na força, vai comandar o Exército Brasileiro, enquanto o tenente-brigadeiro Baptista Junior será o comandante da Aeronáutica e o almirante de esquadra Almir Garnier Santos vai assumir o comando da Marinha.

Durante o período da manhã, o ministro se reuniu com chefes militares das três forças, incluindo integrantes de alto comando, para encaminha a escolha dos novos comandantes.

As listas tríplices serão levada por Braga Netto ao presidente Jair Bolsonaro, o Comandante Supremo das Forças Armadas, para bater o martelo em torno dos nomes escolhidos.

Bolsonaro pediu o cargo ao general Fernando Azevedo e Silva, o ex-ministro da Defesa, para nomear em seu lugar o então ministro da Casa Civil, onde substituiu Braga Netto pelo ex-ministro-chefe da Secretaria de Governo, general Luiz Eduardo Ramos.

Conheça os novos comandantes das Forças Armadas

Exército

O general Paulo Sérgio nasceu em Iguatu (CE), tem 59 anos e tem 44 anos de efetivo serviço. Oriundo do Colégio Militar de Fortaleza, entrou para o Exército em 1974 pela Escola Preparatória de Cadetes do Exército, em Campinas-SP. Em 1977, ingressou na Academia Militar das Agulhas Negras (AMAN), onde se tornou aspirante a oficial da Arma de Infantaria em 1980. Durante sua vida militar, voltou à AMAN como instrutor em três oportunidades, uma delas como comandante do Curso de Infantaria.

Marinha

O almirante de Esquadra Garnier nasceu no Rio de Janeiro, tem 60 anos e ingressou na carreira em 1981 como guarda-marinha. Entre os destaques, integrou a Comissão Naval Brasileira em Washington, onde fez mestrado em “Operations Research Systems Analisys”. Ocupava o cargo de secretário-geral do Ministério da Defesa desde janeiro de 2019.

Aeronáutica

O tenente-brigadeiro Baptista Junior nasceu no Rio de Janeiro e ingressou na Força Aérea Brasileira 1975, passando por diversos cargos e patentes até ser alçado ao posto atual em março de 2018. Durante 46 anos dedicados à vida militar, assumiu o comando, a chefia e a direção de diferentes organizações da FAB. Antes da nomeação de hoje, era comandante do Comando-Geral de Apoio.