Mais Lidas

Grande perda

Sarney lamenta morte do ex-deputado e ministro do STF Célio Borja

Em nota, o ex-presidente da República agradeceu pelos grandes serviços prestados na transição democrática do Brasil

acessibilidade:

O ex-presidente José Sarney lamentou a morte do ex-deputado, ministro do Supremo Tribunal Federal e amigo Célio Borja. Sarney disse que soube “com profunda emoção” do falecimento.

O ex-presidente lembrou que Borja teve destaca atuação como presidente da Câmara dos Deputados, onde “pode exercer na plenitude seu papel de grande articulador”.

“A ele a transição democrática deve grandes serviços. Tive a oportunidade de nomeá-lo Ministro do Supremo Tribunal Federal, que exerceu com grande brilho”, disse.

Só agora, com profunda emoção, soube do falecimento de Célio Borja, de quem fui grande amigo. Era um grande jurista e um político honesto e austero, que prestou inestimáveis serviços à Justiça e à política. Como Presidente da Câmara dos Deputados pode exercer na plenitude seu papel de grande articulador. A ele a transição democrática deve grandes serviços. Tive a oportunidade de nomeá-lo Ministro do Supremo Tribunal Federal, que exerceu com grande brilho.

Quero apresentar a Helena e todos os seus, em meu nome e de Marly, o meu maior pesar.

Reportar Erro