Mais Lidas

Saúde pública no DF

Governador Ibaneis Rocha exonera diretor do Hospital Regional do Gama

Essa é a quinta baixa em hospitais regionais do Distrito Federal neste ano

acessibilidade:
Hospital Regional do Gama. Foto: Joel Rodrigues/Agência Brasília

O governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha (MDB), exonerou o diretor do Hospital Regional do Gama (HRG), André Luiz Zamuner. A exoneração foi publicada na edição desta quinta (6) do Diário Oficial do Distrito Federal.

Nos últimos dias foram divulgados vídeos em que pacientes aparecem em uma sala vermelha superlotada na unidade. Nove pessoas eram atendidas em um espaço destinado apenas para seis pacientes.

A rede pública de saúde vem sendo frequente alvo de trocas de seus gestores. No dia 15 de maio, foi demitida a diretora do Hospital Regional de Sobradinho (HRS), Cláudia Gomes dos Reis, após uma jovem morrer por recusa de atendimento.

Beatriz Viana da Silva, de 19 anos, chegou a unidade com queixas de dores no estômago, mas teria sido informada que não havia médicos para atendê-la no local. Após constatar em uma clínica particular que o caso era grave, a jovem retornou ao hospital, onde acabou falecendo sem atendimento.

Sobre a exoneração de Reis, Ibaneis afirmou, em sua conta no Twitter, que “não existe possibilidade de não haver uma resposta ao absurdo da morte de uma jovem de 19 anos sem atendimento na unidade. A vida das pessoas é sagrada.”

Em março, outra exoneração foi determinada pelo governador. O diretor do Hospital Regional de Brazlândia (HRBz), Valterdes Silva Nogueira, foi retirado do cargo após o flagrante de médicos descansado em uma sala da unidade enquanto pacientes aguardavam em uma sala de espera lotada.

Ibaneis justificou a decisão ao afirmar que a responsabilidade pela estabilidade do serviço é do diretor do hospital.

Os diretores dos hospitais regionais da Asa Norte (Hran) e de Santa Maria também foram exonerados do cargo.