Mais Lidas

Não quer renovar mandato

Diretor de governança da Petrobras quer deixar cargo em março

Marcelo Zenkner usou como justificativa razões pessoais

acessibilidade:
Ex-promotor Marcelo Zenkner não renovará mandato na Governança da Petrobras. Foto: Divulgação

O diretor executivo de Governança e Conformidade da Petrobras, Marcelo Zenkner, informou que não quer renovar seu mandato que se encerra em 20 de março deste ano. Segundo nota divulgada pela estatal, Zenkner usou como justificativa razões pessoais.

Agora a empresa iniciará um processo para escolha do novo diretor. A escolha será feita por seu Conselho de Administração, com base em uma lista tríplice de profissionais elaborada depois de uma seleção de nomes.

A Diretoria Executiva de Governança e Conformidade é uma das oito diretorias da empresa e foi criada em 2014, depois das denúncias de corrupção na empresa apontadas por investigações da Operação Lava Jato. (Agência Brasil)