Mais Lidas

STF inimigo

Deputada eleita acusa: ‘Marco Aurélio joga sujo para soltar sua patotinha’

Bia Kicis diz que o STF virou inimigo do povo, da Justiça e do Brasil

acessibilidade:
Deputada federal Bia Kicis Foto: Reprodução Facebook

A deputada eleita Bia Kicis (PRP-DF) protestou diante do Supremo Tribunal Federal (STF) na tarde desta quarta-feira (19) contra a decisão do ministro Marco Aurélio Mello de libertar réus presos em decorrência de condenações em 2ª instância. A futura congressista que já levou ao STF uma faixa pedindo teste psicotécnico para o ministro Marco Aurélio afirmou que o Supremo virou o antagonista do povo brasileiro e da Justiça e o maior inimigo do Brasil. E acusou o ministro de atuar para ‘soltar a patotinha dele’.

Em vídeo transmitido ao vivo nas redes sociais, Kicis acusa Marco Aurélio de não se conformar em perder e jogar sujo, atacando os brasileiros e o plenário do Supremo, que definiu como constitucional as prisões de condenados em 2ª instância.

“Porque ele está inclusive atacando o Plenário do Supremo. Mas está atacando muito mais os brasileiros. Porque a gente sabe que, no fundo, o que ele quer é soltar a patotinha dele. Não adianta dizer que a Defensoria Pública do Rio está preocupada com os réus presos em 2ª instância e que são inocentes. Gente, eles estão mirando nos grandes corruptos, nos criminosos de colarinho branco. A Justiça nunca se importou com os criminosos com poucos recursos. O Supremo se tornou o antagonista do povo brasileiro. O antagonista da Justiça. O maior inimigo do Brasil”, protesta Kicis.

A deputada eleita pediu intervenção do presidente do STF, ministro Dias Toffoli, para suspender a decisão. E sugere a atuação urgente de procuradores da Operação Lava Jato, para obter na Justiça Federal um mandado de prisão do presidente Lula, para evitar sua soltura e uma eventual fuga.

“Os três poderes estão abarrotados de velhas raposas da política que não descansam. Seria muito importante que o presidente do Supremo tomasse uma medida imediata de resgate de respeito da decisão do Plenário [do STF]. O ministro Toffoli tem que suspender essa decisão abusada, absurda, do Marco Aurélio”, disse a deputada Bia Kicis.

O Diário do Poder enviou à assessoria de imprensa do STF questionamentos que pediam posicionamentos do Supremo e do ministro Marco Aurélio a respeito das acusações da deputada eleita pelo PRP do Distrito Federal. E aguarda respostas.

Veja ao vídeo de Bia Kicis:

Diretamente do STF para falar da absurda decisão de Março Aurélio

Posted by Bia Kicis on Wednesday, December 19, 2018

Vídeos Relacionados