Mais Lidas

De olho em 2022

Com filiação de Bolsonaro, Patriotas deve mudar de nome para Aliança

Partido poderá ser rebatizado de 'Aliança Pelo Brasil' na mesma convenção que deve receber, com festa, a filiação do presidente

acessibilidade:
Presidente Jair Bolsonaro recebeu o presidente do Patriota, Adilson Barroso, ao lado do filho Flávio Bolsonaro. Foto: Divulgação Twitter

A filiação do presidente Jair Bolsonaro ao Patriotas, ainda a ser efetivada, parte da garantia de que ele terá o controle do partido, do qual seria presidente de honra, e a mudança de denominação.

O ex-Partido Ecológico Nacional (PEN) passaria a se chamar Aliança Pelo Brasil, cuja fundação a pandemia congelou.

O novo nome poderá ser consagrado na mesma convenção que receberá festivamente a filiação do presidente. Há certa resistência à filiação de Bolsonaro, mas não tem peso político. A informação é da Coluna Cláudio Humberto, do Diário do Poder.

Ainda há dúvidas sobre a mudança para Aliança. Nessa hipótese, é possível a manutenção da sigla “Patriotas”, que Bolsonaro gosta muito.

Bolsonaro não deseja ser surpreendido por “rebeldia” como a de Luciano Bivar, presidente do PSL, seu antigo partido, com quem romperia.

Após deixar a presidência da República, Bolsonaro pretende assumir o comando do Aliança e promover sua organização em todo o país.

O senador Flávio Bolsonaro foi o primeiro do grupo a se ingressar no Patriotas, a fim de “pavimentar” o terreno para a filiação do presidente.

Vídeos Relacionados