Mais Lidas

Novo presidente do Brasil

Cadeiras e telões já colocadas em três pisos do Planalto, para posse de Bolsonaro

Autoridades ficarão no 2º andar e outros aqui, no térreo

acessibilidade:
Cadeiras e telões já estão no térreo do Planalto, de onde parte dos convidados assistirá à posse em telões. (Fotos: João Carlos da Silva/Diário do Poder)

O Salão Nobre, o principal do Palácio do Planalto, no 2º andar, já dispõe de cadeiras para autoridades para a posse do presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL), no próximo dia 1º. Mas haverá espaço até no térreo para outros convidados dos empossados, que assistirão à cerimônia através de telões. Os familiares dos integrantes do novo governo e funcionários da Presidência da República poderão se alojar no mezanino do 3º andar, de onde será possível assistir ao evento e no 4º andar, por meio de telões.

Segundo Gabinete de Segurança Institucional (GSI) da Presidência da República, 400 pessoas podem se acomodar no Salão Nobre, de onde se tem a melhor vista da cerimônia e ficam os principais convidados (autoridades e Chefes de Estado), futuros ministros e familiares. É lá que Bolsonaro assinará o termo de posse dos 22 novos ministros.

A limitação é de mil pessoas no térreo – que também já tem cadeiras ao lado de dentro e de fora com telões – e entre 120 a 160 no mezanino do Palácio, localizado no terceiro andar. Por questões de segurança, o GSI vetou a colocação de uma câmera de filmagem no topo do Supremo Tribunal Federal (STF), que fica na Praça dos Três Poderes e de onde se tem uma das imagens mais amplas de toda a posse. O STF chegou a liberar o acesso, mas a segurança de Bolsonaro vetou depois.

Do Parlatório, já com projeção contra chuvas, o presidente empossado discursará.

Vídeos Relacionados