Mais Lidas

Filtro do editor

Bolsonaro critica postura da imprensa ‘Fazendo campanha contra o Brasil’

Na saída do Alvorada, a chamada dos jornalistas 'Vocês viram o que saiu hoje na imprensa?'

acessibilidade:
Na saída do Palácio da Alvorada, o presidente ressaltou a necessidade do pedido de desculpas a ele Foto: Antonio Cruz

Na manhã desta quinta-feira (22), no habitual encontro com jornalistas na saída do Palácio do Alvorada,  o presidente Bolsonaro voltou a criticar a postura da imprensa nacional. “Eu vou começar falando. Vocês me entrevistaram ontem. Vocês viram o que saiu nos jornais hoje. Eu sei que não é culpa de vocês, passa pelos filtros dos editores”.

A queixa de Bolsonaro tem a ver com reportagens sobre suas declarações em relação às  queimadas na floresta Amazônia. “Em nenhum momento eu acusei as ONGs, suspeita. Acusou as ONGs sobre queimada na Amazônia”, reclamou o presidente ao fazer uma comparação sobre o que foi dito e o que foi divulgado.

O presidente cobrou uma postura mais responsável por parte dos jornalistas. “Problemas a gente vai ter também, pela irresponsabilidade da imprensa no Brasil, é inacreditável o que sai escrito nos jornais. A imprensa tá cometendo um suicídio”.

Bolsonaro ressaltou que as queimadas na floresta, assim como em outras regiões do país, são normais nessa época, já que a estiagem toma conta de diversos estados. “Não tô defendendo queimada, infelizmente acontece isso ao longo da vida da Amazônia, agora me acusar de capitão Nero, tocando fogo lá é uma irresponsabilidade”.

Ele questionou os jornalistas sobre a imagem que está sendo criada do país. “Estão fazendo campanha contra o Brasil. Vocês acham se o mundo lá fora começar a impor barreiras comerciais, o agronegócio começa a dar para trás, a economia começa a piorar, a vida de vocês editor de jornais, donos de televisões vai tá complicada como a vida de todos os brasileiros, todos sem exceção”.

E explicou o motivo que todos os dias parar e conversa com os jornalistas na porta do Alvorada. “Uns falam para eu não parar aqui, mas se eu passo direto vão escrever mentiras”.

Reportar Erro