Mais Lidas

Via Operação Acolhida

MPF apura se vacinas foram desviadas para Fórum de Boa Vista

Imunizantes atenderiam refugiados venezuelanos em Roraima

acessibilidade:
Com esta entrega de hoje, o Instituto de Tecnologia em Imunobiológicos já destinou 135,7 milhões de doses ao PNI Foto: Felipe Brasil/Agência Alagoas/Arquivo

O Ministério Público Federal (MPF) em Roraima abriu na última sexta-feira (23) um inquérito civil para apurar suspeita de desvio de vacinas contra a Covid-19 da Operação Acolhida, que acolhe refugiados da ditadura da Venezuela, para ação clandestina de vacinação em um Fórum do Tribunal de Justiça de Roraima (TJRR), em Boa Vista.

De acordo com a representação endereçada ao MPF, os imunizantes teriam sido retirados da força-tarefa federal, para ação de imunização nas dependências do Fórum Criminal Ministro Evandro Lins e Silva, na capital de Roraima.

O fato foi relatado ao Ministério Público no dia 20 de julho e as análises preliminares já contam com informações adicionais do TJRR. (Com informações da Assessoria de Comunicação Social do MPF em Roraima)

Reportar Erro