Ucrânia x Rússia

Putin diz estar pronto para negociar fim da guerra

Putin destacou que mesmo com uma abertura para negociações e diálogos, Moscou priorizará seus interesses nacionais

acessibilidade:
O presidente russo, Vladimir Putin, declarou que a Rússia estaria disposta a conversar com a Ucrânia, os Estados Unidos e a Europa para negociar o fim da guerra com Kiev (Foto: Kremlin/Reprodução- Foto: Kremlin).

O presidente russo, Vladimir Putin, declarou nesta terça-feira (19) que a Rússia estaria disposta a conversar com a Ucrânia, os Estados Unidos e a Europa para negociar o fim da guerra com Kiev. Putin destacou que mesmo com uma abertura para negociações e diálogos, Moscou priorizará seus interesses nacionais. 

“Eles querem negociar? Que negociem. Mas faremos isso com base em nossos interesses nacionais”, disse Putin.

Em uma reunião do Ministério da Defesa em Moscou nesta 3ª (19.dez) com a presença da alta cúpula militar, o presidente russo afirmou que o país não abrirá mão de seus interesses, mas que não tem planos de entrar em conflito com a Europa. Declarou que a adesão da Ucrânia à Otan não é aceitável para a Rússia.

O encontro contou com a presença do Ministro da Defesa russo, Sergei Shoigu, e do general Valery Gerasimov, além do diretor do Serviço Federal de Segurança Alexander Bortnikov.

 Putin afirmou que as tropas russas manterão os objetivos da operação militar, mas reconheceu a necessidade de aprimorar a comunicação, a capacidade de reconhecimento e de satélite do país. 

O Ministro da Defesa, Shoigu, revelou um aumento na produção de tanques, veículos aéreos não tripulados e projéteis de artilharia desde fevereiro de 2022. Além disso, anunciou o recrutamento de 490 mil soldados contratados e voluntários em 2023, com planos de aumentar para 745 mil no próximo ano.

Reportar Erro