Visita oficial

Lula se reúne nesta segunda com Fernández e o ditador Maduro

No Brasil, Alckmin assume a Presidência da República pela primeira vez

acessibilidade:
Lula e o presidente da Argentina Alberto Fernández. Foto: Ricardo Stuckert/PR

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva está na Argentina, em sua primeira viagem internacional após tomar posse no cargo, para a reunião de cúpula da Comunidade de Estados Latino-Americanos e Caribenhos (Celac), marcada para esta terça-feira, 24. O Brasil voltou a fazer parte do colegiado após ter se retirado durante o governo de Jair Bolsonaro.

Ainda na manhã desta segunda-feira, 23, o petista se reúne com o presidente argentino, Alberto Fernández, em Buenos Aires. O brasielrio ainda assinará atos bilaterais e fará uma declaração conjunta à imprensa na Casa Rosada, sede do governo argentino.

À tarde, ainda em Buenos Aires, Lula participa de encontro com empresários locais e se reúne com o ditador da Venezuela, Nicolás Maduro.

À noite, o presidente deve ir a um concerto musical com artistas argentinos e brasileiros no Centro Cultural Kirchner.

Na quarta-feira, 25, Lula segue para Montevidéu, capital do Uruguai, também em visita oficial. A agenda no país ainda não foi confirmada, mas, além de encontros bilaterais, há a previsão de um novo encontro com o ex-presidente José Pepe Mujica.

Enquanto isso, no Brasil, Geraldo Alckmin assume a Presidência da República pela primeira vez. Ele fica inteirinamente na função até Lula retornar do Uruguai.

Em uma rede social, Alckmin disse que “com orgulho e lealdade, assumo o governo, procurando honrar os compromissos de Lula com todos os brasileiros”.