Mais Lidas

Parola na OMC

Senado aprova Parola para chefiar a missão brasileira junto à OMC

Ex-porta-voz de FHC e de Temer, o diplomata preside atualmente a EBC

acessibilidade:
Presidente da EBC, o embaixador Alexandre Parola. (Foto: Antonio Cruz/ABr)

O plenário do Senado aprovou por expressiva maioria, nesta terça-feira (5), o nome do embaixador Alexandre Guido Lopes Parola como o futuro delegado permanente do Brasil junto à Organização Mundial do Comércio (OMC) e a outras organizações econômicas, em Genebra, Suíça. Sua indicação foi aprovada por 42 votos favoráveis, sete contrários e uma abstenção. Ele vai assumir o novo cargo no princípio de 2019.

Carioca, formado em ciências econômicas pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), Parola ingressou na carreira em 1987. Ocupou cargos na administração pública federal como assessor do Gabinete do ministro da Economia, Finanças e Planejamento (1992); porta-voz adjunto e porta voz da Presidência da República (1999-2003) e assessor especial do Ministério da Defesa (2004/2006). Também foi ministro-conselheiro na Delegação Permanente em Genebra (2006/2011). Era porta-voz da Presidência da República desde 2016, quando foi designado pelo presidente Michel Temer para presidir a Empresa Brasil de Comunicação (EBC).

OMC
Durante sua sabatina na Comissão de Relações Exteriores e Defesa Nacional (CRE), no início de maio, o diplomata fez uma defesa da OMC. Em sua avaliação, o órgão tem cumprido um papel de grande relevância na inserção internacional dos países em desenvolvimento, mas seu modelo multilateral encontra-se em xeque.

– Reitero que não é figura de retórica afirmar hoje que a OMC corre risco de deixar de existir. E isto, caso venha a ocorrer, será algo muito ruim para o Brasil. Se tivermos que reinventar todo o arcabouço de aquisições, muito dificilmente teremos resultados semelhantes – afirmou aos senadores.

A Organização Mundial do Comércio iniciou suas atividades em 1º de janeiro de 1995 e desde então tem atuado como a principal instância para administrar o sistema multilateral de comércio. Atualmente, a OMC conta com 160 membros, sendo o Brasil um dos fundadores.