Mais Lidas

Denúncias contra presidente

Primeiro-ministro do Peru renuncia pelo Twitter, durante crise

Aníbal Torres alegou questões pessoais, enquanto presidente Castillo enfrenta investigações criminais

acessibilidade:
Anibal Torres renunciou ao cargo de primeiro-ministro do Peru. Foto: Reprodução Redes Sociais

O primeiro-ministro do Peru, Aníbal Torres, publicou nesta quarta-feira (3), em seu perfil do Twitter, sua carta de renúncia apresentada ao presidente da República Pedro Castillo.

Na carta, Aníbal Torres alega “razões pessoais” para deixar o cargo. Mas o contexto da renúncia é a crise aberta no governo de Castillo, que é alvo de cinco investigações criminais, entre elas, uma pela acusação de obstrução de Justiça.

Aníbal Torres agradeceu pela confiança que recebeu de Castillo, a quem deseja o melhor dos êxitos em sua gestão. E comunicou que voltará a ministrar aulas universitárias de investigação jurídica.

Castillo enfrenta uma crise política motivada por acusações de suposta corrupção em seu governo, que vem minando sua popularidade, apenas um ano após assumir a Presidência do Peru.

Veja a carta de renúncia de Aníbal Torres:

Reportar Erro