Mais Lidas

Solidariedade

Missão humanitária chega ao Haiti com bombeiros e 10,5 toneladas

Presidente Jair Bolsonaro saudou o grupo que embarcou na missão: "Vocês orgulham a todos nós brasileiros"

acessibilidade:
Missão Humanitária Multidisciplinar Brasileira no Haiti. Foto: Divulgação

A aeronave de transporte KC-390 Millennium, da Força Aérea Brasileira (FAB), chegou a Porto Príncipe, no Haiti, levando bombeiros e cerca de 10,5 toneladas de equipamentos de emergência, medicamentos e insumos para atendimento de saúde, para a Missão Humanitária Multidisciplinar Brasileira em apoio ao Haiti, afetado por um terremoto e uma crise política e humanitária.

Na cerimônia pré-embarque para a missão, nesse domingo (22), o Presidente da República, Jair Bolsonaro, saudou o grupo que embarcou na missão. “Vocês orgulham a todos nós brasileiros”, disse Bolsonaro.

O Ministro da Defesa, Walter Souza Braga Netto, também pontuou que o povo brasileiro tem uma natureza acolhedora – lembrando a participação do País na Missão das Nações Unidas para Estabilização no Haiti (MINUSTAH) – oferecendo apoio na redução do sofrimento daquele povo.

“Uma vez mais, o povo haitiano se vê em necessidade de ajuda. Prontamente, o Governo Federal se mobilizou para oferecer necessária ação humanitária com meios de pessoal e material, além do apoio afetivo, vital neste momento de dor”, destacou. O titular da pasta da Defesa agradeceu aos integrantes das equipes.

Presidente Jair Bolsonaro na cerimônia alusiva ao início da missão humanitária multidisciplinar brasileira ao Haiti. Foto: Anderson Riedel/PR

A missão

O Ministério da Saúde enviou ao Haiti cinco kits de medicamentos e insumos para emergência em saúde, com capacidade de atendimento para até 10 mil pessoas cada um. Também insulina humana tipo regular e diversos medicamentos da farmácia básica, utilizados no combate de enfermidades que podem aumentar após o terremoto. Tudo identificado com base nas necessidades prioritárias e atuais da população haitiana.

Além disso, a Agência Brasileira de Cooperação ofertou dois purificadores de água, sistema de fabricação brasileira capaz de produzir, de maneira simples, quatro litros de água potável por minuto. Esse volume atende cerca de três mil pessoas por dia, sendo utilizado na missão para autossuficiência da equipe brasileira e para distribuição à população local.

O Coordenador-Geral da Missão Humanitária Multidisciplinar é o Diretor do Centro Nacional de Gerenciamento de Riscos e Desastres (CENAD), do Ministério do Desenvolvimento Regional, que seguiu a bordo.

As operações no terreno serão  comandadas pelo Corpo de Bombeiros Militar do Distrito Federal (CBMDF), contando com o suporte de efetivo de Minas Gerais (CBMMG) e da Força Nacional de Segurança Pública (FNSP), somando 32 bombeiros ao todo. O grupo conta com 31 especialistas em busca e salvamento e ações pós-desastre e 1 especialista em sismologia.

KC-390 Millennium

O KC-390 Millennium é o maior avião já desenvolvido no Brasil. Originado de uma parceria entre a FAB e a Embraer, contou com a colaboração de mais de 50 empresas nacionais e de três países: Portugal, Argentina e República Tcheca.

Algumas das principais características da aeronave são: maior mobilidade e flexibilidade, design robusto, tecnologia de ponta comprovada e fácil manutenção. É capaz, ainda, de executar uma variedade de missões, como: Transporte Aéreo Logístico, Busca e Salvamento, Combate a Incêndios em Voo, Evacuação Aeromédica, Ajuda Humanitária, entre outras. (Com informações da Comunicação Social do Ministério da Defesa)

Vídeos Relacionados