Reconhecimento

Itamaraty pede a outros países que reconheçam a soberania do Estado da Palestina

Na tarde de segunda-feira (28) , Espanha, Noruega e Irlanda oficializaram o reconhecimento do Estado da Palestina

acessibilidade:
Itamaraty pede a outros países que reconheçam a soberania do Estado da Palestina. (Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil).

O Itamaraty parabenizou a Espanha, a Irlanda e a Noruega nesta quarta-feira (29), pelo reconhecimento do Estado da Palestina. 

Conforme o Ministério das Relações Exteriores, essas nações se somam a “mais de 140 outros países, dentre os quais, desde 2010, o Brasil”. Segundo o governo Lula, “o crescente número de países que reconhecem o Estado da Palestina constitui notável avanço histórico que contribui para responder aos anseios de paz, liberdade e autodeterminação daquele povo”. 

“Ao exortar todos os demais países que ainda não o fizeram a reconhecer a Palestina como um Estado soberano, o Brasil reafirma a defesa da solução de dois Estados, com um Estado da Palestina independente e viável convivendo lado a lado com Israel, em paz e segurança, dentro das fronteiras de 1967, o que inclui a Faixa de Gaza e a Cisjordânia, tendo Jerusalém Oriental como sua capital”, informou o Ministério das Relações Exteriores.

Reconhecimento da Palestina

Na tarde de segunda-feira (28) , Espanha, Noruega e Irlanda oficializaram o reconhecimento do Estado da Palestina. O reconhecimento da Palestina como Estado, que pode também ser anunciado pela Eslovênia em breve, provoca divisão dentro da União Europeia.

Para a França, por exemplo, não é um bom momento para adotar a medida, enquanto a Alemanha consideraria dar esse passo como resultado de negociações diretas entre as partes em conflito.

Reportar Erro