Covid19 no Vaticano

Cardeal próximo do Papa Francisco é diagnosticado com coronavírus

Angelo De Donatis, cardeal-vigário de Roma, 66, foi colocado sob isolamento

acessibilidade:
O papa Francisco foi levado ao Hospital Gemelli Isola Tiberina para alguns exames, após a Audiência Geral. (Foto: Swissinfo).

Angelo De Donatis, de 66 anos, cardeal-vigário da diocese de Roma, testou positivo para o novo coronavírus. É o primeiro caso de infecção de um cardeal próximo do Papa Francisco.

Ele foi hospitalizado com febre no hospital Gemelli, na capital italiana, de acordo com um comunicado oficial. Ele se encontra estável e está sob tratamento.

O cardel-vigário divulgou nota solidarizando-se com o “sofrimento” dos doentes. “Também vivo esta provação, estou sereno e confiante”, diz ele.

Os colaboradores mais próximos de Donatis foram colocados em isolamento. Ele esteve com o Papa nas últimas semanas, mas não pessoalmente, para participar na decisão de fechar todas as igrejas de Roma.

O cardeal que gere o dia a dia da igreja é a sexta pessoa a ser testada positivamente para o novo coronavírus na Cidade do Vaticano.

Entre os infetados está também um funcionário da Secretaria de Estado, residente na casa de Santa Marta, onde vive o Papa Francisco, que já se submeteu ao teste por duas vezes, mas deu negativo.